Esclarecendo dúvidas com a Dra. Priscila Dallagnol

Olá, sou a cirurgiã dentista Dra. Priscila Dallagnol, e sabendo da importância da Boni com as crianças, ajudarei mamães e papais a esclarecer assuntos sobre a saúde bucal dos nossos pequenos.

O uso do enxaguante auxilia na escovação adequada, pois higieniza áreas em que a escova de dente e o fio dental não chegam. Também ajudará a deixar um hálito mais agradável na boca. Aconselha-se que as crianças não usem enxaguantes bucais dos adultos pois existem produtos que são especialmente desenvolvidos para crianças, já que os dos adultos contém uma alta concentração de flúor e outros produtos que não devem ser ingeridos pelos pequenos. O enxaguante bucal para crianças, deve ser ZERO ÁLCOOL e com FLÚOR.

Existe uma interpretação errada quando se fala que flúor causa fluorose. O que causa fluorose é excesso de flúor ingerido pela criança sem controle dos pais. Creme dental e enxaguantes bucais devem ser usados na quantidade certa, sob recomendação do odontopediatra e sob supervisão de adulto.

É só a partir dos três anos de idade que a criança começa a aprender como cuspir. Porém, os pais não devem se atentar apenas à idade para decidir introduzir o uso dos enxaguantes bucais. As habilidades e coordenação da criança devem ser levadas em conta, já que algumas têm maior dificuldade para cuspir o líquido. Muitas vezes eles engolem propositalmente os enxaguantes que costumam ter gostos artificiais que seduzem os pequenos, então, INDICAMOS O USO A PARTIR DOS 5 ou 6 anos.

Caso haja a necessidade do uso de bochechos para crianças pequenas, os odontopediatras sugerem os produtos infantis aplicados com cotonete sobre a superfície dos dentes, assim, não há o risco de ingerir todo o líquido colocado na boca. Mas para isso você deve primeiro levar seu filho ao dentista para que ele recomende o produto adequado para o seu filho e também lhe ensine o procedimento correto para o uso.

Comments

comments